Stephen Bannon considera os media o partido da oposição

Stephen Bannon, conselheiro-chefe de Donald Trump, afirmou em entrevista ao New York Times que os media foram “humilhados” com a eleição de Trump e que “deviam manter a boca calada por algum tempo”.

 

Na mesma entrevista, Bannon afirmou também que “os meios de comunicação são o principal partido da oposição e que ainda não perceberam como Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos”. Estas declarações surgem no seguimento da polémica entre os media norte-americanos e a nova administração sobre quantas pessoas terão estado na tomada de posse de Donald J. Trump.

No que a esse capítulo diz respeito, Bannon não teve qualquer problema em defender publicamente o porta-voz da casa branca, Sean Spicer. Questionado sobre se entendia que Spicer teria perdido credibilidade para com os media, não teve dúvidas em afirmar que isso é uma “medalha de honra” e que “quem não tem qualquer integridade são os próprios media.”

Antes de fazer parte da equipa de Trump, Bannon geria o site Breitbart, que é conhecido pela sua agenda de extrema-direita. Stephen Bannon ficou também conhecido por alguns desentendimentos com membros do próprio partido Republicano, sendo que chegou mesmo a ser acusado de defender posições racistas e xenófobas.

Descomplicador:

Em entrevista ao New York Times, Stephen Bannon, conselheiro-chefe de Donald Trump, afirmou que os media foram humilhados com a vitória de Trump. Bannon saiu ainda em defesa do porta-voz da casa branca, Sean Spicer, argumentando que “quem não tem qualquer integridade são os próprios media.”

xksxja@pwrby.com'
Publicado por: Duarte Pereira da Silva

20 anos, natural de Lisboa mas "radicado" no Algarve desde cedo. Estudante de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social. Colabora com o site desportivo "Bola na Rede".

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *