Criador do Facebook critica Donald Trump

Mark Zuckerberg, criador da rede social Facebook, criticou ontem o presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, devido à sua politica de emigração. Zuckerberg é casado com uma vietnamita que estudou e trabalha nos Estados Unidos.

“Como muitos de vós, estou preocupado com o impacto das novas orientações executivas assinadas pelo Presidente Trump. Deveríamos manter as nossas portas abertas aos refugiados e àqueles que precisam de ajuda”, disse Zuckerberg na sua página do Facebook.

Mark Zuckerberg deu o exemplo da sua mulher, Priscilla Chan, de origem vietnamita, que depois de ter estudado na Universidade de Harvard é agora médica-pediatra. “Se os EUA tivessem recusado refugiados há décadas atrás, a família de Priscilla (Chan, a mulher, de origem vietnamita) não estaria aqui hoje”, disse Mark.

Recentemente a imprensa norte-americana começou a especular que Zuckerberg pode estar a preparar uma candidatura à Casa Branca dentro de alguns anos, o que financeiramente seria fácil, visto que o criador do Facebook é o 10º da lista de milionários da Forbes.

Zuckerberg disse que, quanto à politica de emigração, “expandir o foco de reforço da lei para lá das pessoas que são ameaças reais tornará a América menos segura através do desvio de recursos, enquanto milhões de pessoas sem documentos, que não constituem uma ameaça, viverão sob o terror da deportação”.

Descomplicador:

Mark Zuckerberg, criador da rede social Facebook, criticou a politica de emigração de Donald Trump, dando o exemplo da sua mulher, Priscilla Chan, de origem vietnamita.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *