Rangel acusa Centeno de ter mentido “descarada e despudoradamente”

O eurodeputado social-democrata Paulo Rangel pediu a demissão do Ministro das Finanças, Mário Centeno, por ter mentido “descarada e despudoradamente” ao Parlamento português. Rangel lamenta que o PSD não o tenha acompanhado nesta tomada de posição.

“A demissão é a única forma de assegurar a dignidade a credibilidade externa do Governo”, considera Paulo Rangel, que, apesar de considerar que a demissão de Centeno é negativa, considera ser a única forma de o executivo recuperar a credibilidade face às instituições europeias.

Paulo Rangel critica o facto de “o Governo, através do ministro das Finanças e do Secretário de Estado Mourinho Félix andaram a fazer uma lei especial com escritórios privados”, acrescentando que “na altura em que descobrimos que um administrador privado foi levado a reuniões pelo secretário de Estado, eu pedi a demissão do secretário de Estado Mourinho Félix para poupar o país a perder o seu responsável máximo nas Finanças. Tenho pena que o PSD não me tenha acompanhado na altura nesse pedido, pois talvez não tivéssemos chegado aqui”, considera o eurodeputado.

O eurodeputado do PSD considera ainda que com a demissão de Mário Centeno deve surgir também a inibição de Ricardo Mourinho Félix integrar a próxima equipa do Ministério das Finanças, acreditando que a recente remodelação no ministério tem como objectivo preparar a saída de Centeno, colocando Mourinho Félix como substituto natural.

Descomplicador:

Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, pediu a demissão de Mário Centeno, Ministro das Finanças, por ter mentido “descarada e despudoramente” ao Parlamento no caso da declaração de rendimentos de António Domingues.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *