Fim-de-semana de agitação partidária em Espanha

Este é um fim-de-semana de agitação partidária em Espanha, devido aos congressos do Partido Popular, de Mariano Rajoy e do Podemos, de Pablo Iglesias e de Inigo Errejon, o número dois que vai apresentar-se como candidato à liderança.

Hoje decorre o 18º congresso do Partido Popular, o actual partido de poder em Espanha e que será ao que tudo indica um conclave tranquilo para Mariano Rajoy. O congresso tem como lema “Espanha em frente!” e pretende ser um conclave de unidade do partido e onde o líder, Mariano Rajoy, aparece com um grande apoio interno, devido ao facto de ter conseguido formar governo. Neste conclave, os militantes populares vão discutir o projecto do partido e os nomes que vão acompanhar Rajoy na cúpula do partido.

Já no Podemos, a situação é de ruptura, com o confronto entre Pablo Iglesias e Inigo Errejon, o número dois do partido. Alguns dos membros do Podemos olham para este confronto com alguma preocupação, devido ao “desejo de muitos em verem o Podemos fracassar”. Neste momento estão registados 460 mil cidadãos que podem votar até amanhã e cujos resultados são imprevisíveis. Pablo Iglesias disse já que se demite caso não consiga vencer, deixando a eleição para Secretário-Geral em aberto e prometendo até afastar-se caso não consiga 50% dos votos.

A data coincidente dos dois congressos foi uma ideia de Pablo Iglesias, para colocar em “disputa mediática” dois projectos para Espanha, mas a disputa vai fazer-se apenas dentro do Podemos com as candidaturas das duas principais figuras do partido.

Descomplicador:

O Partido Popular e o Podemos realizam durante este fim-de-semana os seus conclaves internos. No Partido Popular a união é a palavra de ordem, mas no Podemos as duas principais figuras vão disputar a liderança.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *