Governo indica Francisco Louçã para o Banco de Portugal

O ex-líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, foi o nome indicado pelo governo liderado por António Costa para integrar o conselho consultivo do Banco de Portugal. Louçã é um dos quatro nomes indicados pelo Ministério das Finanças para este órgão do Banco de Portugal.

Professor de economia no ISEG, Francisco Louça foi líder do Bloco de Esquerda de 2000 a 2012, dando depois lugar a João Semedo e Catarina Martins. Para além de Francisco Louça, foram também indicados pelo Ministério das Finanças, Francisco Murteira Nabo, presidente não-executivo da Galp Energia; João Talone, ex-CEO da EDP e Luis Nazaré, ex-presidente dos CTT.

O conselho consultivo do Banco de Portugal é um órgão estratégico do banco, não sendo os seus elementos remunerados, tendo em conta que participam apenas em reuniões pontuais. O Conselho Consultivo pronuncia-se “não vinculadamente, sobre o relatório anual da actividade do Banco de Portugal, a actuação do Banco decorrente das funções que lhe estão cometidas e sobre os assuntos que lhe forem submetidos pelo Governador ou pelo Conselho de Administração”.

Para além destas quatro personalidades de “reconhecida competência em matérias económico-financeiras e empresariais”, o Conselho Consultivo integra anda o governador e vice-governadores do Banco de Portugal, os ex-governadores, o presidente do Conselho de Auditoria, o presidente da Associação Portuguesa de Bancos, a presidente do IGCP e dois representantes das regiões autónomas.

Descomplicador:

Francisco Louçã é uma das quatro personalidades de “reconhecida competência em matérias económico-financeiras e empresariais” que foi indicado pelo Ministério das Finanças para o Conselho Consultivo do Banco de Portugal.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *