Isaltino recusa apoiar o seu antigo vice-presidente nas autárquicas

Isaltino Morais ainda não deu uma resposta definitiva quanto a uma candidatura à Câmara Municipal de Oeiras, mas ao jornal i, avançou já que não vai apoiar Paulo Vistas nas autárquicas deste ano. A relação tem vindo a esfriar desde 2013, quando Vistas foi festejar a vitória junto ao Estabelecimento Prisional da Carregueira.

“Posso afirmar aqui, categoricamente, que Paulo Vistas não terá o meu apoio na corrida à câmara de Oeiras”, disse Isaltino Morais, ao jornal i, tomando assim uma primeira posição definitiva, depois de na apresentação da candidatura de Paulo Vistas, o actual presidente ter dado uma resposta evasiva sobre o apoio de Isaltino. Certo é que Paulo Vistas vai manter o nome da candidatura de 2013: IOMAF, mas desta vez o o “i” representa Independentes, ao invés de Isaltino.

Ainda assim, Isaltino Morais não ataca particularmente Paulo Vistos, recusando “pessoalizar” a sua falta de apoio. “Provavelmente está a fazer o melhor que sabe e pode”, diz o ex-líder da autarquia, dizendo no entanto que “lhe falta a tempera de líder de um município como Oeiras”.

Isaltino Morais considera que os munícipes de Oeiras ficariam surpreendidos se ele apoiasse a actual direcção autárquica de Paulo Vistas, que está a “marcar passo outra vez. Oeiras era uma referência e, embora ainda o seja, deixou de ser protagonista, porta-voz e um modelo relativamente a outros municípios”, considera o antigo presidente da autarquia entre 1985 e 2001 e novamente entre 2005 e 2013.

Para Isaltino Morais, Paulo Vistas deixou de representar uma continuidade da sua politica autárquica, “nem na gestão, nem na relação com as pessoas, nem na proximidade com os munícipes, nem na imagem que a Câmara Municipal de Oeiras deixa hoje transparecer”.

Segundo o jornal i, Isaltino Morais estará à espera de conhecer os candidatos à autarquia para tomar uma decisão, criticando o PSD por não ter um candidato para o concelho.

Descomplicador:

Isaltino Morais recusou já apoiar Paulo Vistas nas autárquicas deste ano, salientando que o actual presidente não representa uma continuidade da sua política autárquica. Isaltino não tomou ainda uma decisão quanto a uma candidatura às autárquicas de 2017.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *