Universidade de Harvard convida português para falar da “geringonça”

O Centro de Estudos Europeus da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, vai promover um debate sobre o “futuro da esquerda na Europa” e convidou o cientista politico, António Costa Pinto, para falar sobre o exemplo português.

Segundo o Diário de Noticias, António Costa Pinto foi convidado para estar presente no simpósio, devido ao exemplo português de governação, onde o Partido Socialista liderado por António Costa é um dos poucos na Europa que não caiu em declínio após a crise da divida publica, que afectou vários países europeus.

“Portugal surge aqui por ser aparentemente um caso excepcional, na medida em que não tem partidos populistas e na medida em que, numa fase em que à esquerda se assiste ao declínio dos partidos socialistas, o PS português têm conseguido estancar esse declínio”, disse o cientista político ao Diário de Noticias, justificando o convite que recebeu por parte da conceituada universidade.

O exemplo de governação português tem suscitado interesse um pouco por todo o mundo. Vários foram já os partidos congéneres do PS, do Bloco de Esquerda e do PCP que se deslocaram a Portugal para conhecer de perto o modelo de funcionamento do acordo parlamentar entre os três partidos.

Descomplicador:

O cientista politico, António Costa Pinto, foi convidado pelo Centro de Estudos Europeus da Universidade de Harvard para falar sobre o funcionamento da “geringonça”. Portugal é um dos poucos países europeus onde o Partido Socialista não desceu nas intenções de voto.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *