Assunção Cristas pede ao governo para marcar autárquicas

A presidente do CDS, Assunção Cristas, esteve ontem no lançamento da candidatura de Adolfo Mesquita Nunes à Câmara Municipal da Covilhã e desafiou o governo a marcar a data das eleições autárquicas, que se devem realizar entre Setembro e Outubro deste ano.

“Devo dizer que estamos praticamente a seis meses das eleições e já era hora de o Governo, e eu desafio o Governo a marcar a data das eleições”, disse Assunção Cristas, entendendo que a marcação das eleições é importante para “clarificar” as acções partidárias das acções governativas.

A líder centrista entende ainda que este é um passo necessário para “impedir que haja alguma simpatia excessiva do Governo com autarcas da sua cor política que estão em exercício”.

No entanto, alguns membros ligados ao Partido Socialista têm vindo a recordar que em 2013, o governo PSD/CDS apenas marcou as eleições autárquicas em Junho, tendo escolhido o dia 29 de Setembro.

Assunção Cristas sabe que apesar de as eleições autárquicas serem “um terreno difícil para o CDS, como referi no congresso há um ano, é um terreno que queremos disputar e ir conquistando gradualmente”, tendo sido até a própria líder a assumir o desafio ao candidatar-se à Câmara de Lisboa.

No lançamento da candidatura de Adolfo Mesquita Nunes, vice-presidente do partido, Assunção Cristas disse ainda que “os covilhanenses têm imensa sorte em ter uma das pessoas mais talentosas da nossa política nacional”.

Descomplicador:

Assunção Cristas esteve na Covilhã para participar no lançamento da candidatura autárquica de Adolfo Mesquita Nunes e desafiou o governo a marcar as eleições para evitar conflitos entre acções partidárias e acções governativas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *