Líder do PSD Lisboa afasta-se de Pedro Passos Coelho

O líder do PSD de Lisboa, Mauro Xavier, disse ao semanário Expresso que não votará em Pedro Passos Coelho nas próximas eleições internas, reafirmando no entanto que está totalmente comprometido com a candidatura de Teresa Leal Coelho.

“É o momento para dizer que o rei vai nu, algo que se vai sentindo no partido mas que ainda não se tinha decidido dizer. Eu não tenho problema nenhum em dizê-lo”, diz Mauro Xavier, não deixando de garantir que o PSD Lisboa não deixará de assumir as culpas de um eventual fracasso eleitoral em Lisboa e garantindo estar empenhado na candidatura de Teresa Leal Coelho.

Apesar de dizer que este “não é o momento de discutir o partido internamente, há 308 eleições pela frente”, Mauro Xavier garante que não votará no ex-Primeiro-Ministro nas próximas eleições e que apesar de Passos Coelho ter sido “um excelente Primeiro-Ministro” esta é altura para “fazer diferente”.

Apesar das críticas a Pedro Passos Coelho, Mauro Xavier acredita na candidatura de Teresa Leal Coelho, criticando Fernando Medina. Quanto ao embate com o CDS, onde Assunção Cristas tem assumido maior protagonismo, Mauro Xavier garante que “por mais que insistam, partimos de patamares diferentes. Jogamos para ganhar”.

Descomplicador:

Mauro Xavier, líder do PSD Lisboa, afirma estar ao lado de Teresa Leal Coelho, mas critica Pedro Passos Coelho, garantindo que não vai votar no ex-Primeiro-Ministro nas próximas eleições internas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *