François Fillon diz estar a ser alvo de uma “manipulação”

O candidato da direita francesa às eleições presidenciais, François Fillon, diz estar a ser alvo de uma “manipulação” que não esperava e acusa o actual poder francês de ser o protagonista. Depois do escândalo da criação de emprego fictício para familiares, Fillon tem caído a pique nas sondagens.

“Não imaginava uma manipulação como esta, de que estou a ser vítima, e que creio que vem do poder”, disse François Fillon numa entrevista à RMC e à BFMTV. Fillon diz manter a campanha eleitoral apesar de ter estar a cair a pique nas sondagens desde que surgiu o escândalo relacionado com o emprego da sua mulher como assistente parlamentar.

François Fillon diz não ter provas concretas da “manipulação” de que tem sido vítima, mas afirma que quem está por trás é o presidente francês, François Hollande. “Não é possível que este assunto não tenha sido seguido com a maior atenção pelas mais altas autoridades”, diz Fillon na entrevista.

Ainda assim, apesar da acusação relacionada com o emprego da sua mulher ter sido formalizada, Fillon mantém a intenção de levar a campanha até ao fim. Com este escândalo, quem tem beneficiado é o candidato do centro, Emanuel Macron, que começa a receber cada vez mais apoios e a subir nas sondagens.

Descomplicador:

François Fillon diz estar a ser alvo de uma “manipulação” conduzida pelo presidente francês, François Hollande, apesar de admitir não ter provas concretas. Quem tem beneficiado com os escândalos à volta de Fillon, é o candidato do centro, Emanuel Macron.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *