João Semedo critica “casamento” entre PS e CDS no Porto

O candidato à Câmara Municipal do Porto pelo Bloco de Esquerda, João Semedo, criticou em entrevista ao Jornal de Noticias o “casamento” entre o PS e o CDS na autarquia portuense. Para João Semedo, o Partido Socialista desistiu de uma maioria de esquerda na cidade e acredita que pode conseguir eleger um vereador no acto eleitoral de 1 de Outubro.

Manuel Pizarro, presidente da distrital do Porto do Partido Socialista, é o alvo das maiores críticas de João Semedo, ex-coordenador do Bloco e agora candidato à autarquia do Porto. Para Semedo, os socialistas desistiram de lutar por uma maioria de esquerda no Porto e acusa ainda Rui Moreira de fazer uma politica virada para os negócios.

“As pessoas parecem servir de figurantes para compor as fotografias e os vídeos de promoção”, diz João Semedo em comentário à governação de Rui Moreira na cidade. Para João Semedo, Rui Moreira tem “tendências absolutistas”, acrescentando que “fica irritado e crispado com demasiada facilidade. Não se pode ser cordial apenas para os yes men”. 

Ainda assim, João Semedo discorda da opinião de Álvaro Santos Almeida, candidato do PSD, que acusou Rui Moreira de cumprir a agenda do PS, dizendo que “a Câmara do Porto parece um atrelado: Moreira conduz o carro, CDS e PS seguem atrelados. Compreende-se o desagrado e o incómodo dos socialistas”.

Descomplicador:

João Semedo criticou em entrevista ao JN a governação da cidade do Porto protagonizada por Rui Moreira. O candidato do Bloco de Esquerda à Câmara do Porto critica ainda o “casamento” entre o PS e o CDS, acusando os socialistas de terem desistido de lutar por uma maioria de esquerda na cidade.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *