Rui Moreira já avisou que “não há jobs for the boys”

As eleições autárquicas no Porto estão a começar a mexer. Depois da apresentação da candidatura de Álvaro Santos Almeida, pelo PSD, Rui Moreira também já abriu as hostilidades, depois de ontem ter vindo a público que tinha uma promessa para ser eleito eurodeputado, feita por António Costa.

Rui Moreira quer afastar o estigma de que o apoio do Partido Socialista e do CDS pode significar a atribuição de lugares nas listas, mas deixou já a questão em “pratos limpos”, ao dizer que na sua lista “não há jobs for the boys”, adiantando ainda que não vai marcar presença em reuniões de partidos.

O responsável pela comunicação de Rui Moreira, Nuno Santos, corroborou esta ideia, num artigo escrito para o jornal Público, ao garantir que “o doutor Rui Moreira fará as suas listas de acordo com critérios de competência e conhecimento das pessoas nas respectivas áreas. Não vamos ter jobs for the boys na Câmara do Porto, e isto é tanto para o PS como para o CDS”.

Estas declarações surgem depois de a Secretária-Geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, ter dito que o PS ia ter uma “representação forte” nas listas do candidato independente Rui Moreira. Manuel Pizarro, vereador e presidente da distrital do PS do Porto, diz que ainda não foi convidado, mas é apontado como um eventual nº2 da lista de Rui Moreira.

No entanto, também neste assunto, Nuno Santos adianta, ao Observador, que “é falso que o presidente da câmara tenha a intenção de participar numa reunião partidária do PS com militantes. Não escolheu nem o número dois, nem o número três, nem o 10º. As listas não vão estar pejadas de militantes dos partidos”.

Descomplicador:

Rui Moreira já garantiu que as suas listas não terão lugares para militantes indicados pelo Partido Socialista e pelo CDS. O seu assessor de comunicação, Nuno Santos, disse, numa crónica publicada no Público, que “o doutor Rui Moreira fará as suas listas de acordo com critérios de competência e conhecimento das pessoas nas respectivas áreas”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *