Deputados só visitam Angola depois das eleições

Os deputados portugueses que estavam previstos para visitar Angola só o vão fazer depois das eleições presidenciais. A Comissão de Segurança de Angola pediu o adiamento da visita parlamentar por “actividades parlamentares inadiáveis”.

Os parlamentares portugueses da Comissão de Defesa tinham planeada uma visita a Angola para este mês, mas a Comissão de Segurança angolana pediu o adiamento da visita para depois do acto eleitoral que deverá marcar a saída de José Eduardo dos Santos.

Marco António Costa, da Comissão de Defesa, adiantou que a “visita ficou suspensa” a pedido das entidades angolanas. Segundo o Diário de Noticias, o Parlamento angolano vincou no entanto a vontade em receber os homólogos portugueses “com a dignidade […] merecida e desejável no âmbito do estreitamento dos laços de amizade e cooperação”.

As relações entre Portugal e Angola passam actualmente por uma fase de maior afastamento, embora a nível oficial, as entidades responsáveis pela diplomacia garantam que os prazos das visitas oficiais estão a ser adiados apenas devido à realização de eleições em Angola.

Descomplicador:

A Comissão de Defesa da Assembleia da República viu adiada a sua visita ao Parlamento de Angola, a pedido da Comissão de Segurança local, devido à realização de eleições.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *