Primeiro-Ministro francês garante reforço de segurança para as eleições

O Primeiro-Ministro francês, Bernard Cazeneuve, garantiu um reforço de segurança para o Domingo, 23 de Abril, dia das eleições presidenciais. O Primeiro-Ministro garante que nada vai travar as eleições.

 

No final do Conselho de Defesa, Cazeneuve dirigiu-se ao país, para dizer que “o governo está totalmente mobilizado e nada deve travar este momento fundamental para a nossa democracia”, dizendo que compete aos cidadãos “não ceder ao medo e à intimidação”, garantindo o comprometimento do governo para com a situação que se vive após o ataque nos Campos Elísios, que vitimou uma pessoa.

Para além dos 50 mil policias a postos para o acto eleitoral, Bernard Cazeneuve, garantiu também a prontidão das forças especiais de intervenção, para responderem no imediato a qualquer tentativa de perturbação do acto eleitoral.

“Sete mil militares estão mobilizados, para além dos meios tradicionais e do alerta das forças especiais”, disse o Primeiro-Ministro, descansando assim os cidadãos para que no Domingo possam acorrer às urnas sem problemas.

Descomplicador:

O Primeiro-Ministro francês, Bernard Cazeneuve, garantiu que nada vai colocar em causa o processo eleitoral de Domingo, revelando o número de forças de segurança envolvidas no acto eleitoral para o Eliseu.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *