Cristas eleva o tom com a oposição interna

Foi mais tenso do que o esperado, o último Conselho Nacional do CDS, que discutiu as eleições autárquicas de Outubro. Tal como o Panorama tinha já dado conta, o deputado Filipe Lobo D’Ávila tinha feito uma intervenção a criticar a estratégia de Cristas, mas agora soube-se que a líder centrista elevou o tom na resposta à oposição interna.

Filipe Lobo D’Ávila, apoiado pelo ex-deputado Raúl Almeida, criticaram a falta de estratégia da liderança do CDS, bem como a centralização dos esforços na campanha autárquica para Lisboa. Apesar de terem saído em defesa de Assunção Cristas, Nuno Magalhães, Telmo Correia, João Rebelo e Adolfo Mesquita Nunes, a líder centrista entendeu que devia responder directamente.

Assim, quando usou da palavra, Assunção Cristas elevou o tom, segundo o jornal Público, para dizer a Filipe Lobo D’Ávila e a Raúl Almeida, que as críticas lhe podem ser dirigidas pessoalmente, ou por telefone, ou no caso de Filipe Lobo D’Ávila, no Parlamento, onde se cruzam diariamente. Assunção Cristas criticou o facto destes dois elementos utilizarem o Facebook para criticar a estratégia do CDS.

Neste Conselho Nacional foram aprovadas 37 coligações autárquicas, mas outros elementos, para além de Filipe Lobo D’Ávila e de Raul Almeida, criticaram a centralização de fundos e de esforços na campanha lisboeta e a falta de interesse no resto do país.

Descomplicador:

Foi mais tenso que o esperado o Conselho Nacional do CDS, que “obrigou” Assunção Cristas e elevar o tom para responder à oposição interna, corporizada pelo deputado, Filipe Lobo D’Ávila e pelo ex-deputado Raul Almeida.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *