Pedro Sanchez de regresso à liderança do PSOE

Pedro Sanchez vai voltar à liderança do PSOE, o partido socialista espanhol. O ex-Secretário-Geral, que agora vai voltar ao cargo, foi eleito em eleições primárias com aproximadamente 50% dos votos. Sanchez demitiu-se depois de não ter conseguido formar governo.

Com a vitória de Pedro Sanchez, esta é a primeira vez que o PSOE vai ter um Secretário-Geral a ter sido eleito por duas vezes, depois de ter deixado o cargo há oito meses atrás. A presidente da Comunidade Autónoma da Andaluzia, Susana Diaz, ficou em segundo lugar com 39,93%.

O PSOE confirmou já a vitória de Pedro Sanchez, que será confirmada no congresso dos socialistas espanhóis, agendado para os dias 17 e 18 de Junho.

Segundo avança o jornal El Mundo, Pedro Sanchez venceu em todas as províncias, à excepção da Andaluzia, onde triunfou Susana Diaz e do País Basco, onde venceu Patxi Lopez. Susana Diaz deu já os parabéns a Pedro Sanchez pela vitória nestas primárias.

Nestas eleições primárias, onde podiam votar 187.949 militantes, mais de 80% foram às urnas, numa participação histórica, onde às 14h, mais de metade dos militantes tinham já votado.

Descomplicador:

Pedro Sanchez vai regressar à liderança dos socialistas espanhóis, ao ter vencido as eleições primárias com 50% dos votos. Susana Diaz ficou em segundo lugar, com 39,93%. Pedro Sanchez será confirmado como líder no congresso de 17 e 18 de Junho.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *