Maria de Belém ainda não resolveu as contas das Presidenciais

A candidata derrotada nas presidenciais de 2016, Maria de Belém Roseira, ainda não encerrou as contas da campanha. A informação foi avançada pela própria, embora garanta que o problema está a ser resolvido dentro das possibilidades. A percentagem abaixo dos 5% não permitiu a Maria de Belém receber subvenção estatal.

Visto ter tido apenas 4,24% dos votos e de não ter recebido o apoio do Partido Socialista, Maria de Belém tem que suportar integralmente as despesas com a campanha presidencial, contando apenas com os donativos que recebeu e que pode ainda receber para saldar as dívidas pendentes.

“As contas das presidenciais são um problema meu que se resolve com contribuições”, disse Maria de Belém à SIC Noticias. A candidata presidencial tem ainda por saldar cerca de 300 mil euros de um total de 500 mil que gastou.

A legislação eleitoral dá no entanto margem a Maria de Belém para poder pagar esta dívida num prazo mais alargado, tendo liquidado já 200 mil euros a título pessoal e com a ajuda de donativos de apoiantes e amigos. Maria de Belém surgiu recentemente em público num debate sobre a eutanásia.

Descomplicador:

Maria de Belém tem ainda por pagar cerca de 300 mil euros da sua campanha presidencial em 2016. A candidata, que não conseguiu os 5% necessários para a subvenção estatal, liquidou já 200 mil euros com recurso a donativos e a titulo pessoal.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *