Portugueses na Venezuela começam a regressar. Governo disponível para acolher todos os que entendam voltar

O arquipélago da Madeira tem registado um número cada vez maior de emigrantes portugueses na Venezuela que estão a regressar devido às condições que o país do continente americano atravessa actualmente. O Secretário de Estado das Comunidades, José Luis Carneiro, está no país a avaliar a situação da comunidade lusa.

“Temos vindo a registar um número crescente de conterrâneos nossos que regressam da Venezuela, isso tem-se vindo a intensificar nas últimas semanas. É notório”, disse o Secretário Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus, Sérgio Marques.

Sérgio Marques está a acompanhar o Secretário de Estado das Comunidades numa visita à Venezuela para aferir a situação da comunidade portuguesa, visto que “todos aqueles [cidadãos] que entram com passaporte português, não há um registo de entrada e por isso temos alguma dificuldade em apurar esse número”, adiantando ainda assim que, “entre três mil e quatro mil pessoas possam ter regressado da Venezuela”.

Sérgio Marques aproveitou ainda para pedir o apoio do Governo central, ao dizer que este é “um problema nacional em que todos temos que assumir as nossas responsabilidades, seja o Governo da República, seja o Governo da Venezuela”. José Luis Carneiro, responsável pelas comunidades portuguesas, garantiu que o executivo tudo fará para acolher os portugueses que pretendam regressar.

Ainda assim, José Luis Carneiro vincou “uma vontade muito grande de vencerem estas dificuldades e poder ver, testemunhar, ‘in-loco’ portugueses que foram vítimas de assaltos, de assaltos que destruíram o seu património, que destruíram os seus estabelecimentos e já se encontram a tentar recuperar esses estabelecimentos, já se encontram de novo a abrir as portas e a afirmarem que querem fazer da Venezuela o seu país de futuro”.

Descomplicador:

Uma delegação com o Secretário de Estado regional da Madeira responsável pelas comunidades e com o Secretário de Estado das Comunidades, José Luis Carneiro, está na Venezuela para tomar contacto com a situação dos emigrantes portugueses no país, tendo já disponibilizado ajuda para acolher todos os que pretendam regressar.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *