Caso se torne líder do Eurogrupo, Centeno “vai ter de assumir por vezes alguma distância da sua actual função”

O Comissário Europeu responsável pelas finanças, Pierre Moscovici, deu uma entrevista ao jornal digital Eco, onde falou sobre a possibilidade de Mário Centeno assumir a liderança do Eurogrupo, embora tenha abordado o assunto de forma ligeira, devido ao facto de Dijsselbloem ainda ser o líder deste grupo informal.

“Se um dia Mário Centeno, que eu considero muito competente, se tornar presidente do Eurogrupo, deve saber que provavelmente vai ter de assumir por vezes alguma distância da sua actual função”, disse Pierre Moscovici, sobre a possibilidade do Ministro das Finanças assumir este lugar, tal como tem sido veiculado nas últimas semanas.

Moscovici explica ainda que “a arbitragem que precisa de fazer não é necessariamente favorável ao seu próprio país. O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, tem posições diferentes das que tem enquanto ministro das Finanças da Holanda”, acrescenta o também ex-Ministro das Finanças do seu país, neste caso, de França.

O Comissário Europeu com a pasta das Finanças falou ainda sobre a actual situação económica e financeira de Portugal, garantindo que a União Europeia não quer “um ajustamento no défice que baixe o crescimento”, mas salientando que “um país que está endividado é um país que se torna pobre”, deixando um conjunto de alertas ao executivo português.

Descomplicador:

O Comissário Europeu com a pasta das finanças, Pierre Moscovici, em entrevista ao Eco, disse que “se um dia Mário Centeno, que eu considero muito competente, se tornar presidente do Eurogrupo, deve saber que provavelmente vai ter de assumir por vezes alguma distância da sua actual função”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *