Governo francês com três baixas prematuras

O governo francês liderado por Emanuel Macron cumpre os primeiros dias de actuação, mas regista já três baixas, depois de um escândalo que afectou o partido centrista, MoDem. Os Ministros da Defesa, da Justiça e dos Assuntos Europeus vão assim deixar o executivo de Macron de forma prematura.

O Ministro da Justiça, François Bayrou, a Ministra dos Assuntos Europeus, Marielle de Sarnez e a Ministra da Defesa, Sylvie Goulard são os nomes que vão abandonar o executivo francês logo no seu inicio, devido à investigação judicial que decorre ao MoDem, devido à utilização indevida de fundos europeus.

Os ex-governantes terão utilizado fundos do Parlamento Europeu para despesas que saem da alçada da politica europeia, criando, entre outros, empregos fictícios. Uma investigação jornalística europeia tem denunciado vários casos destes nos últimos dias, afectando eurodeputados de vários países.

O Ministro da Justiça, líder do Movimento Democrático (MoDem) vai dar uma conferência de imprensa para clarificar os motivos da saída. François Bayron era um dos braços-direitos de Emanuel Macron neste recém-formado executivo.

Estas saídas dão-se pouco depois do partido criado por Emanuel Macron, República em Marcha, ter conseguido 62% dos lugares no Parlamento francês.

Descomplicador:

Emanuel Macron perdeu já três ministros em poucos dias de governo. Uma investigação judicial ao MoDem, devido à utilização de fundos europeus de forma indevida, fez já três baixas. Justiça, Defesa e Assuntos Europeus são pastas que perderão os seus protagonistas e onde Macron terá que procurar já substitutos.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *