Teresa Leal Coelho garante ficar em Lisboa, com ou sem vitória

A candidata do Partido Social Democrata à Câmara Municipal de Lisboa, Teresa Leal Coelho, disse em entrevista à TSF que ficará como vereadora no executivo camarário caso não ganhe as eleições autárquicas agendadas para 1 de Outubro.

Teresa Leal Coelho diz que não vai pedir maioria absoluta mas sim uma maioria relativa para poder governar os destinos da autarquia da capital. Ainda assim, para Teresa Leal Coelho o objectivo é derrotar Fernando Medina, actual presidente e candidato pelo Partido Socialista. A candidata social-democrata não esconde também a ambição em ter pelouros.

A cabeça-de-lista pelo PSD à autarquia lisboeta admite que só foi escolhida depois da recusa de Pedro Santana Lopes, que considerava ser um melhor candidato devido à maior notoriedade. Teresa Leal Coelho não revelou para já o programa dos sociais-democratas, que tem estado a ser produzido por José Eduardo Martins, candidato à Assembleia Municipal de Lisboa.

Teresa Leal Coelho é actualmente vereadora da Câmara Municipal de Lisboa, depois de ter concorrido em 2013 na lista encabeçada por Fernando Seara, que perdeu para António Costa. O PSD em 2013 elegeu três vereadores.

Descomplicador:

Teresa Leal Coelho disse em entrevista à TSF que assumirá o lugar de vereadora na Câmara de Lisboa, mesmo que perca as eleições. A candidata social-democrata admitiu também que Santana Lopes era um candidato melhor, pela sua notoriedade pública.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *