Macron vai levantar estado de emergência no Outono

O presidente francês, Emanuel Macron, anunciou já que no Outono vai levantar o estado de emergência que vigora no país desde os atentados de Novembro de 2015, que vitimaram 130 pessoas em Paris e Saint-Denis. Macron quer levantar esta medida com a aprovação da lei anti-terrorista.

“Restabelecerei as liberdades dos franceses levantando o estado de emergência no outono, porque estas liberdades são a condição de existência de uma democracia forte”, disse o presidente francês, citado pela agência France Press. Emanuel Macron quer fazer aprovar no Parlamento as novas leis de combate ao terrorismo, para evitar o estado permanente de emergência.

Emanuel Macron entende que, “o Código Penal, tal qual está, os poderes dos magistrados tal como estão, podem, se o sistema estiver a funcionar bem, anular os nossos adversários”, considerando que “dar poderes ilimitados à administração em relação à vida das pessoas, sem qualquer discriminação, não faz nenhum sentido, tanto em termos de princípios como de eficácia”.

Apesar da vontade de Emanuel Macron, a lei anti-terrorista, que será alvo de uma sessão extraordinária no Parlamento, tem gerado várias inquietações entre os parlamentares franceses.

Descomplicador:

Emanuel Macron anunciou que vai levantar o estado de emergência em França durante o Outono, após a aprovação da lei anti-terrorista. Este estado de emergência vigora no país desde Novembro de 2015.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *