Festa do Pontal: Passos não quer “geringonçar”

Pedro Passos Coelho abriu hoje na Festa do Pontal, na Quarteira, mais um ano politico. O líder dos sociais-democratas entrou no Calçadão da Quarteira a dizer que “o PSD não precisa de dar provas de vida” e atacou a falta de capacidade reformista da “geringonça”.

 

  • Coordenação da Protecção Civil

Depois de uma palavra ao PSD do Algarve e aos candidatos autárquicos do PSD, Pedro Passos Coelho passou ao ataque e a (des)coordenação da Protecção Civil foi o primeiro tema. Passos Coelho criticou as mexidas negativas na estrutura da Protecção Civil, assacando culpas ao executivo e elogiando os operacionais no terreno. O líder dos sociais-democratas lamentou que desde Pedrógão Grande, o governo não tenha ainda encontrado um modelo eficaz de combate aos fogos.

  • Aumento extraordinário de pensões

Também na linha de ataque ao governo de António Costa, Pedro Passos Coelho manifestou-se estupefacto com o aumento extraordinário das pensões em Setembro, precisamente um mês antes das eleições autárquicas, referindo que “se fosse outro governo eu queria ver o que dizia este PS”.

  • PSD não quer “geringonçar”

Ao fim de 50 minutos de intervenção, o ataque final à “geringonça”. Pedro Passos Coelho disse que sobre o futuro, o PSD “não se quer juntar à festa”, isto porque “não quer voltar a ver o futuro negro que já viu com outros governos socialistas”. Para o líder dos sociais-democratas, é preciso “reformar e não só geringonçar, que é como quem diz devolver rendimentos e deixar andar”. Aliás, a critica ao modo “populista” como António Costa tem governado foi uma tónica ao longo de toda a intervenção.

Descomplicador:

Pedro Passos Coelho criticou o executivo de António Costa na sua intervenção no Pontal. O líder do PSD criticou a falta de coordenação na Protecção Civil, o aumento extraordinário de pensões a um mês das autárquicas e sobre o futuro, garantiu que os sociais-democratas “não se vão juntar à festa” da “geringonça”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *