Portugal tenta hoje “conquistar” mais território maritimo

Portugal inicia hoje junto da Organização das Nações Unidas a defesa de um projecto que pretende alargar a plataforma continental para além das 200 milhas marítimas que constituem a Zona Económica Exclusiva do país. Se tudo correr bem, Portugal duplica a extensão do território marítimo.

Actualmente Portugal tem dois milhões de quilómetros quadrados de mar sob sua responsabilidade e caso esta proposta venha a ser aceite duplica essa extensão para quase quatro milhões (3,8 milhões) de quilómetros quadrados.

Oito anos depois da entrega do projecto nas Nações Unidas, Portugal inicia hoje a defesa do seu projecto, numa reunião técnica e institucional que funcionará como o “iniciar de hostilidades”. A reunião tem lugar em Nova Iorque e vai decorrer junto de uma subcomissão de peritos, constituída propositadamente para analisar o caso português.

Isabel Botelho Leal, coordenadora da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental, considera que este é um “momento histórico que aguardávamos desde a apresentação da proposta portuguesa à ONU em 2009”, segundo disse à Agência Lusa.

A reunião vai decorrer à porta fechada e será sobretudo de carácter técnico, com a tal subcomissão de peritos criada no âmbito da Comissão de Limites da Plataforma Continental das Nações Unidas, para analisar a proposta portuguesa.

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, garantiu que Marrocos e Espanha não têm nada a opor à proposta nacional, algo que inicialmente não aconteceu, quando Espanha se opôs a que as Ilhas Selvagens fossem consideradas para o aumento da Plataforma Continental, algo que Portugal veio depois a negar.

Portugal tem actualmente uma Zona Económica Exclusiva de 1,7 milhões de quilómetros quadrados, o que a torna a 11ª maior a nível mundial.

Descomplicador:

Portugal vai hoje apresentar na ONU a defesa do projecto que pretende aumentar a Plataforma Continental portuguesa. Caso o projecto venha a ser aprovado, Portugal duplica a sua zona de mar para quatro milhões de quilómetros quadrados.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *