Independentes vão gastar quatro milhões nas autárquicas

Os grupos de cidadãos independentes vão gastar quatro milhões de euros na campanha para as eleições autárquicas, segundo os orçamentos publicados pelo Tribunal Constitucional. Os partidos estimam gastar um total de 35 milhões de euros.

Dos orçamentos apresentados, Rui Moreira, no Porto e Isaltino Morais, em Oeiras, são os que têm maior orçamento. Isaltino Morais estima gastar 283 mil euros, enquanto Rui Moreira tem orçamentados 281 mil euros para gastar durante a campanha.

Estes quatro milhões de euros juntam-se assim aos 35 milhões orçamentados pelos partidos, num total de 39 milhões de euros. Ainda assim, o valor orçamentado pode não ser integralmente gasto, sendo apenas possível fazer o balanço final após a apresentação das contas junto do Tribunal Constitucional.

Segundo a Agência Lusa, dos 308 concelhos, apenas 69 contam com a participação de grupos de cidadãos, que em muitos casos são protagonizados por ex-militantes de partidos que acabam por se desfilar e candidatar de forma independente.

Descomplicador:

Os grupos de cidadãos que se candidatam às eleições autárquicas têm um orçamento total de quatro milhões de euros. Isaltino Morais, com 283 mil euros e Rui Moreira, com 281 mil euros, são os maiores orçamentos entre os independentes.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *