Trump diz que falar com a Coreia do Norte “não é solução”

Voltou a aquecer o ambiente entre os Estados Unidos da América e a Coreia do Norte, depois de uma semanas mais tranquilas. O lançamento de um míssil norte-coreano que passou por cima do território japonês levou Trump a reagir novamente, dizendo que “falar não é solução”, no que toca à relação com o regime de Pyongyang.

“Os EUA estão a negociar com a Coreia do Norte e a pagar dinheiro de extorsão há 25 anos. Falar não é a solução!”, disse Donald Trump na sua conta oficial do Twitter, descartando assim uma solução diplomática na resolução do problema com a Coreia do Norte.

O míssil lançado pela Coreia do Norte passou na zona norte do território japonês, caindo a 1180 quilómetros da costa do Japão. Ainda assim, para já, a administração norte-americana está ainda confiante numa solução diplomática, com o Secretário de Estado da Defesa, James Mattis a considerar que ainda há margem para falar por via diplomática.

Para já, Donald Trump e Shinzo Abe, Primeiro-Ministro do Japão, concordaram após conversa telefónica em exercer uma pressão ainda maior sobre o regime de Pyongyang, depois das últimas movimentações diplomáticas. Abe considera que o último lançamento da Coreia do Norte “constitui uma ameaça muito séria e grave, e não tem precedentes”.

Descomplicador:

Donald Trump descartou hoje uma solução diplomática para resolver o problema com a Coreia do Norte, depois do lançamento do míssil que sobrevoou território japonês. Para já, o presidente dos Estados Unidos da América e o Primeiro-Ministro do Japão entenderam reforçar a pressão sobre o regime de Pyongyang.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *