Hemiciclo: um Parlamento mais amigo do utilizador

A 9 de Junho de 2016 o Grupo de Trabalho para o Parlamento Digital foi constituído na Assembleia da República. No entanto, no dia 4 de Setembro de 2017, o Parlamento foi ultrapassado por uma iniciativa da cidadania. O Hemiciclo.pt é um site amigo do utilizador, que facilita a relação entre o deputado e o cidadão ao colocar à distância de poucos cliques, toda a informação útil.

O portal criado por David CrisóstomoLuís Vargas permite, entre muitas outras coisas, uma função inédita: pesquisar o sentido de voto de cada deputado por cada diploma, algo que antes não estava disponível para o cidadão comum. O portal permite também ter acesso a estatísticas gerais, por bancada parlamentar e por deputado, dando assim a possibilidade de qualquer um poder escrutinar o trabalho dos nossos parlamentares.

Ao Panorama, David Crisóstomo mostra-se muito satisfeito com as primeiras horas, em que o site foi até “abaixo” devido ao elevado número de acessos. “Temos sido bombardeados por mensagens de felicitações e perguntas sobre a nossa iniciativa. Não poderíamos querer um melhor lançamento. Tivemos também mensagens de felicitação de membros da Assembleia da República e de outros dirigentes políticos, com a linha de comum de elogio por o nosso projecto procurar facilitar a comunicação dos deputados com os eleitores”, confessa um dos criadores do portal.

 

Apesar do elogio aos funcionários parlamentares pelo trabalho desenvolvido na actualização diária do site oficial do Parlamento, David Crisóstomo considera que a comunicação, “que é de máxima importância numa altura em que o Parlamento ganhou uma nova centralidade na actividade politica, como consequência das características desta legislatura, não está a ser cumprido devidamente. O Parlamento procura apenas cumprir os mínimos da comunicação, com um portal online que necessita de uma muito necessária reforma”, lamenta o estudante de 24 anos, apesar dos diplomas aprovados pelo Grupo de Trabalho para o Parlamento Digital.

Ainda assim, “cada macaco no seu galho” e os criadores do Hemiciclo.pt não deixam de fazer jus ao facto de “o funcionamento do Hemiciclo depender do funcionamento do portal oficial do Parlamento. Na nossa visão, o Hemiciclo complementa o site da AR, apresentando a informação de uma outra forma, mais prática e acessível, e cruzando com outros dados de outras fontes”.

Em construção há mais de dois anos, David Crisóstomo e Luís Vargas, começaram a desenhar este Hemiciclo “user-friendly”, “aquando do aniversário da Assembleia Constituinte. O projecto já teve outra versão, menos ambiciosa, mas devido a vários outros compromissos profissionais e académicos, fomos adiando. Até que no final do passado Inverno decidimos que não podíamos abandonar esta ideia e que iríamos levá-la até ao fim. E cá estamos nós”, prometendo ainda que “fechado não está de certeza”, tendo planeadas, várias actualizações, “com novas funções, que vamos tentado ir acrescentado progressivamente. Além de que temos a ambição de fornecer informação relativamente a legislaturas mais antigas”, adiantam.

Descomplicador:

David Crisóstomo e Luís Vargas criaram o Hemiciclo.pt, um portal que torna o Parlamento mais “amigo do utilizador” e que apresenta a inédita função de permitir verificar o sentido de voto de cada deputado por cada diploma.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *