Marcelo quer os portugueses esclarecidos sobre os donativos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu hoje que as entidades responsáveis esclareçam os portugueses sobre a gestão e o destino dos fundos solidários angariados após a tragédia de Pedrógão Grande. O Presidente da República diz já estar esclarecido, mas quer que os portugueses sejam postos a par.

“É preciso explicar aos portugueses aquilo que me explicaram a mim: de onde o dinheiro veio, quem é que o está a gerir, como e quanto”, disse o Presidente da República, citado pelo jornal online Observador.

Em reacção à denúncia do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Marcelo Rebelo de Sousa adiantou ainda que lhe “foi explicado a 17 de Agosto, mas acho que deve ser explicado aos portugueses que só uma parte do fundo é gerida pelo Estado e outra por outras entidades”.

Entretanto, num comunicado difundido pela Agência Lusa, o Ministério do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social esclarece que: “Até à data, aderiram ao fundo [Fundo REVITA] mais de duas dezenas de entidades, com donativos em dinheiro, em espécie e em prestação de serviços, tendo sido entregues donativos em dinheiro no valor de cerca de 2 milhões de euros”.

Numa visita ao Centro de Apoio Social de Marvila, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa pediu ainda que “nas três semanas até às eleições, aquela tragédia, aquelas famílias e vítimas não possam ser envolvidas na campanha eleitoral local”.

Descomplicador:

Marcelo Rebelo de Sousa pediu hoje às entidades responsáveis que esclareçam os portugueses sobre o destino dado aos fundos solidários angariados para Pedrógão Grande e pediu ainda aos autarcas locais que não utilizem a tragédia na campanha eleitoral local.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *