Autárquicas35: “Num concelho fortemente comunista (…) somos nós os verdadeiros revolucionários”

Autarquicas35: 

O Autárquicas35 é uma série de artigos lançados pelo Panorama, onde conversa com 20 candidatos autárquicos oriundos dos 18 distritos, da Madeira e dos Açores, abaixo dos 35 anos. Nesta série de artigos procuramos perceber a motivação para aceitar o desafio autárquico, as prioridades para as suas freguesias e concelhos e as motivações politicas. Para acompanhar até ao dia 29 de Setembro. 

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Distrito: Évora – Vítor Vicente – CDS – Montemor-o-Novo

Vítor Vicente tem 28 anos de idade e é o cabeça-de-lista do CDS à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, um concelho onde nas últimas autárquicas a CDU conquistou 52% dos votos. Candidato já em 2013, Vítor Vicente diz que “os papéis invertem-se num concelho fortemente comunista pois somos nós os verdadeiros revolucionários”, numa experiência que começou pelo “amor à terra”, onde “juntamente com a minha equipa, [decidiram] construir a nossa própria alternativa política no concelho de Montemor. Conseguimos a eleição de um deputado, não paramos durante quatro anos e fomos a verdadeira e única oposição com um só deputado”, diz com orgulho.

Assim, em 2017, é ano de meter novamente mãos à obra, considerando “natural voltar a candidatar-me e a liderar este projecto. No entanto, importa realçar que esta “nova geração” é a geração mais instruída de sempre do nosso país e, sendo esta uma candidatura bastante jovem, todos podem esperar um trabalho muito positivo e profissional”, garante. Vítor Vicente mostra-se para já satisfeito pelo facto da equipa de 125 pessoas ser já “um grupo de pessoas respeitado por todos os intervenientes políticos, instituições, empresas e mais importante de tudo, pelos montemorenses. As pessoas reconhecem o nosso trabalho, o nosso pragmatismo e a nossa forma de estar na política, as pessoas querem Fazer Diferente e o nosso projecto é o reflexo do sentimento das pessoas”.

O CDS conseguiu em 2013 a eleição de um deputado municipal, pretendendo este ano ter “eleitos na Câmara Municipal e em todas as Assembleias de Freguesias, bem como aumentar a representação na Assembleia Municipal”, depois de ter conseguido duplicar o número de candidatos face a 2013 (60 para 125), sendo assim a candidatura “mais aglomeradora” do concelho de Montemor.

Num concelho com mais de 17 mil habitantes, onde 13 mil têm mais de 25 anos, Vítor Vicente coloca como prioridades, “a falta de diversidade económica, o envelhecimento populacional, água e saneamento, mobilidade, urbanismo, ambiente e a falta de transparência na gestão autárquica”, acrescentando ainda que “as prioridades principais são a criação de condições para a atracção de investimento aliada à diplomacia económica; resolução dos principais problemas sociais como o envelhecimento de população e a ajuda aos mais desprotegidos; Levar água e condições de saneamento básico às principais povoações do concelho, que em pleno século XXI ainda não beneficiam destes bens de primeira necessidade”, entre muitas outras, que enumerou ao Panorama.

Com 28 anos e um mestrado em Relações Internacionais e Estudos Europeus pela Universidade de Évora, Vítor Vicente foi assistente no Parlamento Europeu e na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, regressando à sua região para ser o responsável “pela internacionalização de empresas portuguesas, com especial foco para a Região do Báltico, bem como da internacionalização de empresas do Báltico para a Península Ibérica”.

Para já, e no que toca a ambições: “Orgulhava-me de ser o próximo Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo”, diz, garantindo que “independentemente do resultado que vier a ter no dia 1 de Outubro, não voltarei costas aos montemorenses, estarei a trabalhar por e para Montemor no dia a seguir às eleições e durante o tempo que for preciso”.

B.I.:

Nome: Vítor Vicente

Idade: 28 anos

Filiação: CDS

Concelho: Montemor-o-Novo

Distrito: Évora

Cargo a que se candidata: Cabeça-de-lista à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Descomplicador:

Vítor Vicente tem 28 anos e é o candidato do CDS à Câmara de Montemor-o-Novo, repetindo assim uma candidatura de 2013, onde o CDS conseguiu fazer eleger um deputado municipal num concelho fortemente comunista.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *