Autárquicas35: “Os jovens que saem da cidade e das freguesias (…) têm o dever de tentar mudar o rumo das coisas”

Autárquicas35: 

O Autárquicas35 é uma série de artigos lançados pelo Panorama, onde conversa com 20 candidatos autárquicos oriundos dos 18 distritos, da Madeira e dos Açores, abaixo dos 35 anos. Nesta série de artigos procuramos perceber a motivação para aceitar o desafio autárquico, as prioridades para as suas freguesias e concelhos e as motivações politicas. Para acompanhar até ao dia 29 de Setembro. 

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Distrito: Viseu – Ricardo Morgado – PSD – Lamego

Ricardo Morgado nasceu em Lamego e lá viveu até à idade em que muitos jovens saem das suas localidades: quando ingressou no Ensino Superior. Foi no Porto que se começou a destacar ao liderar a Federação Académica do Porto, em 2010.

Hoje candidato a vereador à Câmara Municipal de Lamego, em lugar considerado elegível (o PSD venceu em 2013 com maioria absoluta mas coligado com o CDS), Ricardo Morgado diz que “ao longo dos anos, nos cargos que desempenhei, e de entre os quais destaco o de Presidente da Federação Académica do Porto, percebi que as organizações se movem com e pelas pessoas. A gestão das expectativas, a capacidade de motivar os outros, a definição de estratégias e de objetivos são exemplos de competências que não nascem connosco. Devem ser trabalhadas, melhoradas, aplicadas”, acrescentando que o associativismo estudantil foi “esse espaço de liberdade, esse laboratório que me permitiu errar, aprender e melhorar. Nessa medida, penso que me preparou não para o desempenho de funções autárquicas, mas para a vida”.

Tendo deixado de viver diariamente em Lamego aquando da ida para o Porto, tendo posteriormente vivido e trabalhado em Lisboa, como assessor do Secretário de Estado do Ensino Superior, do executivo de Passos Coelho e mais tarde junto dos órgãos de gestão da Universidade Europeia, Ricardo Morgado confessa que “regressar nunca foi um projeto de vida, tal como esta candidatura não o é. Aliás, quando o nosso candidato, o Engenheiro Ernesto Rodrigues, me convidou a integrar este projeto, devo confessar que fiquei hesitante. Mas tenho um imperativo de consciência para com a minha cidade”, acreditando que “os jovens que saem da cidade e das freguesias, muitas vezes desgostosos porque não têm condições para nelas ficarem a estudar, viver e trabalhar, têm o dever de tentar mudar o rumo das coisas”, assumindo assim esse desafio.

“Saí de Lamego com 18 anos e vivi em cidades como Porto e Lisboa. Mas fui sempre mantendo o contacto com a cidade e com as pessoas, indo a Lamego com frequência, visitando os meus pais e avós, lendo os jornais locais, acompanhando nas redes sociais os movimentos e os fóruns de debate”, explica Ricardo Morgado, acrescentando que, “correndo o risco de adaptar Agustina Bessa Luís, devo dizer que Lamego não é para mim um lugar, é um sentimento”.

Sendo um exemplo de um jovem que deixou o seu concelho, Ricardo Morgado explica o ambicioso projecto de “repensar o Município, com 14 eixos estratégicos para o desenvolvimento local, criando uma verdadeira política cultural, fomentando o desenvolvimento socioeconómico em sectores-âncora, avaliando o desenho urbano, aproximando a cidade do Douro e, sobretudo, criando uma gestão integrada do património, dos recursos e das potencialidades”, com propostas como “melhorar a transparência municipal, requalificar a margem do Douro, construir um Centro Ciência Viva”, entre outros.

Sem querer traçar cenários pós-autárquicas, Ricardo Morgado mostra-se motivado e empenhado em conseguir a vitória do PSD, bem como regressar à terra natal, ao afirmar que “se não quisesse desempenhar funções na Câmara Municipal de Lamego não seria candidato”.

B.I.:

Nome: Ricardo Morgado

Idade: 30 anos

Filiação: Partido Social Democrata

Concelho: Lamego

Distrito: Viseu 

Cargo a que se candidata: Vereador da Câmara Municipal de Lamego

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Descomplicador:

Ricardo Morgado é candidato a vereador pelo PSD à Câmara de Lamego e é o exemplo de um jovem que saiu da sua cidade-natal para estudar no Ensino Superior e trabalhar e agora diz querer ajudar a dar motivos aos jovens para se fixarem em Lamego.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *