Discurso de Trump na ONU já provocou reacção da Coreia do Norte

Donald Trump já discursou na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas e provocou já a reacção do governo norte-coreano. O Ministro dos Negócios Estrangeiros de Pyongyang diz que Trump se assemelha a “um cão a ladrar”.

Na intervenção que protagonizou, Donald Trump garantiu destruir a Coreia do Norte caso o pais represente uma ameaça para os Estados Unidos da América ou para alguns dos seus aliados, com particular destaque para a Coreia do Sul ou para o Japão.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte não demorou a reagir, ao dizer que “se ele [Trump] estava a pensar que nos surpreendia com o som de um cão a ladrar, então está claramente a sonhar”, citando o ditado, “quando os cães ladram, a caravana passa”.

A Assembleia-Geral da ONU é o grande destaque internacional da semana e contou também com a presença de António Costa, que interveio pela primeira neste órgão.

Descomplicador:

Donald Trump já se dirigiu à Assembleia-Geral da ONU, para ameaçar novamente a Coreia do Norte com a “destruição total”, no caso de ameaça aos Estados Unidos ou aos seus aliados. Pyongyang já reagiu, comparando Trump a um “cão a ladrar”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *