Autárquicas35: A vantagem de ter jovens com “capacidade ímpar de implementar ideias inovadoras nos respectivos Municípios”

Autárquicas35: 

O Autárquicas35 é uma série de artigos lançados pelo Panorama, onde conversa com 20 candidatos autárquicos oriundos dos 18 distritos, da Madeira e dos Açores, abaixo dos 35 anos. Nesta série de artigos procuramos perceber a motivação para aceitar o desafio autárquico, as prioridades para as suas freguesias e concelhos e as motivações politicas. Para acompanhar até ao dia 29 de Setembro. 

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Distrito: Coimbra – José Dias – PS – Coimbra

José Dias tem actualmente 25 anos e um mestrado em gestão e uma licenciatura em Bioquímica pela Universidade de Coimbra, cidade de onde é natural. Ex-presidente da Associação Académica de Coimbra, no mandato de 2016, onde lidou diariamente com a autarquia liderada por Manuel Machado, cuja lista integra agora para a Assembleia Municipal. “Todos os dias dinamizávamos Coimbra com a nossa actividade associativa, cultural e desportiva e, da mesma forma, necessitávamos de recursos e plataformas municipais para a prossecução dos principais objectivos. Por isso mesmo, o contacto com a autarquia era diário, tendo sido firmadas inúmeras parcerias para valorizar a academia de Coimbra, ao mesmo tempo que a própria cidade se envolvia e participava nas iniciativas realizadas. Este sentimento de contribuição social através de uma colectividade é inigualável, uma vez que podemos verificar o impacto das nossas acções no quotidiano dos conimbricenses”.

“Depois desta experiência na maior Associação estudantil em Portugal, foi com um grande sentimento de respeito cívico que aceitei integrar as listas do Partido Socialista à Assembleia Municipal de Coimbra”, diz José Dias, acrescentando que “podendo ter a oportunidade de continuar a contribuir para o crescimento da minha cidade de sempre, desta vez através de um papel activo de fiscalização do trabalho realizado no Município”, não hesitou em aceitar o convite.

Integrando a nova geração de responsáveis politicos, José Dias diz que “sendo a mais bem preparada de sempre ao nível da sua educação e formação” este é o momento “de assumir responsabilidades neste contexto de eleições autárquicas”, sendo que, para além da crise económica que esta geração atravessou, beneficia de “um conjunto de experiências internacionais vividas em períodos da nossa formação”, tornando assim “os horizontes (..) mais vastos e com mais opções, capacitando os jovens de uma capacidade ímpar de implementar ideias inovadoras nos respectivos Municípios”.

Tendo essa experiência da ligação entre a Universidade e o município, José Dias aponta reforça que, “Coimbra é reconhecida como a principal cidade universitária em Portugal, prendendo-se essa definição nos dias de hoje pelo enorme trabalho concretizado em diversas áreas, para a qual contribui – e terá sempre de contribuir – o trabalho conjunto entre a Universidade e diversos parceiros, do qual destaco, por razões óbvias, o Município de Coimbra” e destacando os “inúmeros investimentos em áreas fundamentais para a Universidade, como é exemplo maior o Convento de São Francisco, sendo já um espaço de renome para a cultura portuguesa e, estou certo, também o será para a ciência portuguesa. Um edificado desta natureza poderá albergar incontáveis colóquios, palestras, congressos de produção e discussão de conhecimento inovador e transformador da nossa sociedade”, referindo ainda o trabalho desempenhado pela “reputada incubadora de empresas Instituto Pedro Nunes, partilhada entre a CMC e a UC”.

Enquanto presidente da AAC, cargo que já não desempenha

Para os próximos quatro anos, o candidato à Assembleia Municipal pelo Partido Socialista indica como caminho ” a continuidade no investimento das colectividades e associações, quer através de apoios financeiros, quer através da reforma de equipamentos e criação de novas instalações nas Freguesias rurais de Coimbra, levando assim a cultura e o desporto a todas as gerações e a todos os conimbricenses. Relativamente ao sistema educativo, vamos ter, certamente, um dos maiores desafios municipais dos últimos anos: a descentralização do Estado será uma realidade após as eleições autárquicas, absorvendo as autarquias parte relevante das competências nesta área que estavam alocadas ao Ministério da Educação. Quanto à área do urbanismo, espero que sejam concretizados dois desafios que irão revitalizar Coimbra: a ligação mais flexível entre o centro da cidade e o Rio Mondego através da criação da Via Central e o desassoreamento e reestruturação das margens do Mondego”.

O candidato socialista apoia a polémica transformação do aeródromo municipal em aeroporto comercial, entendendo que “juntamente com a diminuição do desemprego e o crescimento do número de empresas em Coimbra nos últimos quatro anos, esta será, sem dúvida, uma das propostas que mais impacto terá na economia de Coimbra e da sua Região, depois de muitos anos de discussão e da solução Monte Real se tornar inviável. Os resultados deste aeroporto serão tremendos, proporcionando uma das maiores transformações no nosso Concelho”.

Com o objectivo em “abraçar o desafio de deputado municipal, fiscalizando o trabalho desenvolvido pelo executivo e contribuindo com propostas para a melhoria do Município”, José Dias está empenhado em manter a sua contribuição ao município onde nasceu e estudou.

B.I.:

Nome: José Dias

Idade: 25 anos

Filiação: Partido Socialista

Concelho: Coimbra

Distrito: Coimbra

Cargo a que se candidata: Deputado Municipal à Assembleia Municipal de Coimbra

Vê todos os artigos do Autárquicas35 AQUI

Descomplicador:

José Dias nasceu e estudou em Coimbra, onde liderou a Associação Académica, a maior estrutura associativa local, e entende que este é o momento dos jovens assumirem responsabilidade autárquicas. Mestre pela Universidade de Coimbra, defende a polémica ideia do aeroporto, ao dizer que “os resultados (…) serão tremendos, proporcionando uma das maiores transformações no nosso Concelho”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *