Bancos com sede na Catalunha discutem mudança de “quartel-general”

Vários bancos espanhóis com sede na Catalunha estão a reunir de emergência os seus conselhos de administração para alterar a sede social para fora da região que está em vias de se declarar independente de forma unilateral. A CaixaBank, dona do BPI é a próxima a fazê-lo.

O Banco Sabadell já deu o tiro de partida, ao alterar o seu “quartel-general” para Alicante, devido ao risco da declaração unilateral de independência por parte da Generalitat, o órgão governativo da Catalunha. Com esta alteração, o Sabadell, que é o segundo maior banco catalão, garante a protecção por parte do Banco Central Europeu.

Esta Sexta-Feira, será a CaixaBank, que controla em Portugal o BPI, a reunir o Conselho de Administração, por forma a fazer aprovar uma alteração da sede social do banco. A “sangria” de empresas da região é um dos principais factores que podem prejudicar a declaração de independência.

O executivo espanhol pretende fazer aprovar um decreto-lei que facilite esta mudança de sede social, sem existir necessidade de se realizar uma assembleia de accionistas, acelerando assim todo o processo, numa fase em que as empresas procuram manter as garantias de protecção por parte dos órgãos nacionais e europeus.

Descomplicador:

O Banco Sabadell e a CaixaBank são dois bancos da Catalunha que estão a alterar as suas sedes sociais para outros locais do país, por forma a garantirem a protecção do Banco Central Europeu.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *