As datas que determinam o futuro do PSD

Os últimos dias foram de agitação nas hostes sociais-democratas, com o anuncio da saída de Pedro Passos Coelho e com o Conselho Nacional que marcou o calendário eleitoral dos sociais-democratas. Assim, são já conhecidas as datas que vão determinar o futuro do Partido Social Democrata.

  • 15 de Dezembro

Data limite para o pagamento de quotas dos militantes, para poderem participar no processo eleitoral agendado.

  • 2 de Janeiro

Data limite para a entrega das candidaturas e das moções de estratégia dos candidatos que se apresentaram às eleições directas.

  • 2 a 12 de Janeiro

Campanha eleitoral interna do PSD, que, dependendo do acordo entre candidaturas, pode contar com debates entre os vários candidatos.

  • 13 de Janeiro

Eleições directas para a liderança do Partido Social Democrata

  • 16, 17 e 18 de Fevereiro

37º Congresso do PSD, que decorrerá garantidamente em Lisboa e que inclui também uma revisão estatutária na sua ordem de trabalhos

Descomplicador:

Está já definido o calendário eleitoral do Partido Social Democrata que vai culminar com a eleição do sucessor de Pedro Passos Coelho. O congresso está agendado para 16 a 18 de Fevereiro e vai decorrer em Lisboa.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *