Rui Rio exige isenção à equipa do PSD

O candidato à liderança dos sociais-democratas, Rui Rio, dirigiu um pedido à equipa de Pedro Passos Coelho no partido, que acusa de estar a apoiar a candidatura de Santana Lopes. A presença de funcionários do partido na candidatura de Santana não agradou à equipa de Rio.

Segundo o jornal Expresso, a candidatura de Rui Rio reclamou junto da Secretaria-Geral do PSD a “contratação” de João Montenegro, secretário-geral adjunto e de Tiago Sá Carneiro, adjunto da sede nacional, para a candidatura de Pedro Santana Lopes.

A candidatura de Rui Rio exige assim que estes dois elementos deixem de ser funcionários do PSD e que parem de receber vencimento por parte do partido, para garantir “decência e transparência”. “Passos Coelho está a patrocinar a candidatura de Santana”, diz fonte da candidatura ao semanário.

Também a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa foi já alvo de um reparo por parte da candidatura, com os apoiantes de Rui Rio a denunciarem a utilização de meios da Santa Casa para a candidatura de Santana Lopes. Ao Expresso, fonte da candidatura de Santana diz apenas que “são nervos”.

Descomplicador:

A candidatura de Rui Rio fez chegar à Secretaria-Geral do partido o seu desagrado pelo facto de dois membros próximos da gestão diária do PSD estarem agora a colaborar com a candidatura de Pedro Santana Lopes.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *