Despesas com incêndios devem ser consideradas “excepcionais”

O Comissário Europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu que as despesas de Portugal no decorrer dos incêndios florestais devem ser consideradas “excepcionais”, à semelhança do que aconteceu com outras catástrofes noutros países.

 

“Parece-me absolutamente natural que, da mesma forma que considerámos circunstâncias excepcionais a ameaça terrorista em certos países da União Europeia ou tremores de terra, como foi o caso em Itália, tenhamos uma abordagem inteligente e humana face às despesas públicas das autoridades portuguesas para fazer face aos incêndios, e que sejam consideradas circunstâncias excepcionais no quadro de avaliação do orçamento”, disse Moscovici.

Pierre Moscovici falou à margem de uma conferência sobre convergência económica europeia, que decorreu em Bruxelas, numa iniciativa paralela ao Conselho Europeu e que contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa. Para o Comissário Europeu, “a Comissão Europeia está evidentemente mais que sensibilizada” com a tragédia portuguesa.

António Costa está desde ontem em Bruxelas para participar no Conselho Europeu que vai debater a negociação do Reino Unido para a saída da União Europeia. A par disso, o Primeiro-Ministro tem participado noutras iniciativas paralelas.

Descomplicador:

Pierre Moscovici, Comissário Europeu para os Assuntos Económicos, disse numa conferência sobre convergência económica que “da mesma forma que considerámos circunstâncias excepcionais a ameaça terrorista em certos países da União Europeia ou tremores de terra, como foi o caso em Itália, tenhamos uma abordagem inteligente e humana face às despesas públicas das autoridades portuguesas para fazer face aos incêndios”

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *