Rui Rio: “Santana foi uma quarta opção contra mim”

Numa entrevista publicada hoje no semanário Expresso, o candidato à liderança do PSD, Rui Rio, critica o adversário interno Pedro Santana Lopes, que diz ter sido “uma quarta opção contra mim no partido” e defendendo ser uma figura mais estável para enfrentar o futuro.

Na entrevista com mais ataques directos a um adversário, desde que começou a corrida à liderança do PSD, Rui Rio defende que é um candidato mais estável para os sociais-democratas e que o PSD se deve apresentar a eleições em condições de disputar a liderança e não nas condições em que se apresentou nas últimas eleições autárquicas.

Rui Rio defende ainda que o partido tem urgência em reconciliar-se com os portugueses, dando o exemplo de outros grandes partidos europeus que atravessam períodos complicados, como o PSOE em Espanha ou o SPDE na Alemanha. O candidato ao PSD diz que consigo o partido vai a eleições para ganhar e remete posteriores análises para depois da divulgação dos resultados.

Rui Rio reforçou mais uma vez a sua estabilidade no cumprimento dos mandatos, atacando Santana Lopes ao dizer que foi já “por cinco vezes candidato à liderança do partido”.

Descomplicador:

Rui Rio, em entrevista ao jornal Expresso, deixou fortes criticas a Pedro Santana Lopes, defendendo ser um candidato mais estável para o partido e com mais condições de garantir um PSD capaz de ganhar eleições.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *