PSD com responsabilidades politicas em Almada

O PSD vai ter pela primeira vez responsabilidades politicas em Almada, depois de ter firmado um acordo com o Partido Socialista, liderado por Inês de Medeiros. O PCP recusou a atribuição de pelouros.

Esta é a primeira vez que o PCP não terá responsabilidades politicas no concelho, em mais de 40 anos. Inês de Medeiros diz ter estado em negociações com o PCP, PSD e Bloco de Esquerda, mas com a recusa do PCP, o Bloco acabou também por recuar.

“Nós oferecemos pelouros a todos os vereadores, pelouros que achámos significativos”, disse Inês de Medeiros ao jornal Público.

Assim sendo, Miguel Salvado vai integrar a administração do Serviço Municipalizado de Águas e Saneamento, ficando também responsável pelas redes viárias. Já Nuno Matias ficará com os pelouros dos espaços verdes e da estratégia ambiental.

Descomplicador:

Inês de Medeiros chegou a acordo com o PSD em Almada, atribuindo pelouros aos dois vereadores sociais-democratas. O PCP recusou assumir responsabilidades politicas e com esse recuo, o Bloco de Esquerda preferiu ficar fora do acordo.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *