Robert Mugabe deixa liderança do Zimbabué

O líder do Zimbabué, Robert Mugabe, está de saída da cadeira do poder, ao fim de 37 anos de liderança. No inicio da sessão que ia votar o impeachment de Mugabe, o porta-voz do Parlamento anunciou a demissão do polémico líder.

 

Mugabe anunciou em carta que “de forma voluntária, abdicava” da presidência do país que lidera desde 1987. Robert Mugabe teria já uma carta de demissão escrita e pronta a entregar, embora não o tenha feito logo após a retirada da confiança por parte do seu partido.

Entretanto, a CNN avançou nas últimas horas que o vice-presidente do país, Emmerson Mnangagwa, vai regressar ao Zimbabué, depois de ter abandonado o território há duas semanas, por estar a par de planos para o assassinarem.

Depois do partido de Mugabe ter dado um prazo para a saída do presidente, Mugabe desvalorizou esse prazo e convocou até uma reunião do seu gabinete, mas que acabou por não se realizar. Entretanto, os presidentes de Angola e da África do Sul deslocaram-se até ao Zimbabué para observarem a situação politica, uma decisão tomada na Comunidade de Desenvolvimento da África Austral.

Descomplicador:

Robert Mugabe deixou a liderança do Zimbabué ao fim de 37 anos. Com 93 anos de idade, um dos últimos líderes africanos, deixa assim o lugar em aberto, num país que procura agora uma transição democrática sem vítimas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *