PSD e CDS assinalam 37 anos da morte de Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa

O Partido Social Democrata e o CDS assinalam hoje o 37º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro e de Adelino Amaro da Costa, no trágico acidente de avião em Camarate, que vitimou o Primeiro-Ministro e o Ministro da Defesa.

Tal como é tradição, o PSD e o CDS vão celebrar uma missa evocativa dos dois responsáveis políticos e dos seus acompanhantes, que vai decorrer às 19h na Basílica da Estrela. A cerimónia vai contar com a presença de Pedro Passos Coelho e de Assunção Cristas.

A 4 de Dezembro de 1980, o Cessna 421 que transportava o Primeiro-Ministro, Francisco Sá Carneiro e o Ministro da Defesa, Adelino Amaro da Costa e ainda três acompanhantes e dois membros da tripulação, despenhou-se em Camarate, vitimando todos os ocupantes e deixando o país “órfão” de duas das figuras mais importantes do Governo em actividade.

O avião despenhou-se em plena campanha eleitoral para a Presidência da República, onde a Aliança Democrática apoiava Soares Carneiro, que acabaria por perder para Ramalho Eanes. O denominado Caso Camarate provocou já dez Comissões Parlamentares de Inquérito, com a última a reafirmar a tese de atentado.

Descomplicador:

O PSD e o CDS assinalam hoje o 37º aniversário da morte de Sá Carneiro e de Adelino Amaro da Costa, celebrando uma missa na Basílica da Estrela, onde estarão presentes Pedro Passos Coelho e Assunção Cristas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *