Factura do Brexit pode ir até aos 45 mil milhões de euros

O porta-voz do executivo britânico disse após a ronda negocial com a União Europeia que a factura da saída do Reino Unido da União Europeia deve cifrar-se entre os 40 a 45 mil milhões de euros, um número não confirmado por parte da União Europeia.

Na Sexta-feira foi alcançado um acordo de principio sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, apesar de não terem sido avançados de forma oficial os números dessa negociação. À France Press, um porta-voz do executivo colocou a bitola nos 40 a 45 mil milhões de euros, um número inferior aos 50 ou 60 mil milhões apontados pelo presidente do Parlamento Europeu, António Tijani.

Michel Barnier, um dos principais negociadores da União Europeia disse apenas que “não podemos calcular exactamente os montantes em questão, todos esses números vão mexer”. Este acordo de principio prevê a participação do Reino Unido no orçamento comunitário de 2019 e 2020.

O Regulamento Financeiro do Brexit será calculado a 31 de Dezembro de 2020, começando os valores a ser liquidados no dia seguinte e sempre em euros, tal como foi acordado na ronda inicial de negociações, que permitiram a ambos os lados dar um passo em frente na negociação da saída.

Descomplicador:

Um porta-voz do executivo do Reino Unido avançou à agência France Press que a factura da saída do Reino Unido da União Europeia se cifra entre os 40 e os 45 mil milhões de euros.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *