Iniciativa Liberal aguarda passo final de formalização

O Iniciativa Liberal já foi oficialmente reconhecido como partido por parte do Tribunal Constitucional, o último passo formal para que o movimento possa “dar o salto”. Os olhos estão postos nas eleições europeias e legislativas de 2019 e com objectivos já definidos.

“Aquilo que estamos à espera que o Tribunal Constitucional é apenas dar-nos uma validação de participação eleitoral. Na nossa leitura nós já somos partido”, disse Rodrigo Saraiva, uma das caras do movimento e que vai assumir o lugar de Secretário-Geral do partido, ao Diário de Noticias.

Rodrigo Saraiva garante ainda que “não iremos perder a oportunidade de começar a afirmar a nossa visão independentemente de não termos alguns processos terminados”, apontando às eleições europeias e legislativas de 2019.

Os objectivos, esses, também estão já definidos: “um ou dois eurodeputados eleitos para o Parlamento Europeu; três ou quatro parlamentares para a Assembleia da República”, avança o Diário de Noticias.

O Iniciativa Liberal organizou a sua convenção fundadora na cidade do Porto, fazendo jus aos “pergaminhos liberais da cidade”, segundo palavras dos responsáveis e integra já o grupo europeu da Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE).

Descomplicador:

O Iniciativa Liberal está a aguardar apenas a formalização do Tribunal Constitucional para ser reconhecido como partido e aponta à eleição de um ou dois eurodeputados e três ou quatro deputados ao Parlamento, nas eleições de 2019.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *