Marcelo e António Costa recordam Pedrógão no Natal

Marcelo Rebelo de Sousa esteve em Pedrógão Grande no dia de Natal, enquanto António Costa referiu as vítimas dos incêndios na mensagem que dirigiu aos portugueses. A catástrofe deste Verão foi a tónica dominante nesta quadra festiva.

“Acho que as pessoas não podem nunca esquecer, e não esquecer é estar presente”, disse Marcelo Rebelo de Sousa à saída da missa a que assistiu no dia de Natal, antes de participar na inauguração de um centro de apoio às vítimas, marcar presença num concerto de Natal em Figueiró dos Vinhos e de jantar com os bombeiros de Castanheira de Pera.

Marcelo apelou ainda à visita dos portugueses aqueles locais, referindo que “quem cá está, sente esse calor da presença. E é muito importante porque mexe com a vida, mexe com a economia, mexe com a sociedade”.

Já António Costa referiu a “tragédia” que Portugal viveu, ao referir na mensagem de Natal que, “não esqueceremos nunca a dor e o sofrimento das pessoas, nem o nível de destruição desta catástrofe”, acrescentando que este foi “um momento de luto nacional, que sofremos colectivamente”.

O Primeiro-Ministro afirmou ainda que vai trabalhar no sentido de “prevenir e evitar, naquilo que é humanamente possível, tragédias como a que vivemos”.

Descomplicador:

Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa recordaram as tragédias com os incêndios neste período de Natal. O Presidente da República esteve nos locais afectados, enquanto António Costa falou sobre a “tragédia” na mensagem de Natal.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *