Petição contra Mário Soares chega ao Parlamento

Uma petição contra o ex-Presidente da República, Mário Soares, vai chegar ao Parlamento e promete gerar polémica. A petição pede que não seja atribuído o nome de Mário Soares ao Aeroporto do Montijo, uma ideia formulada por Marcelo Rebelo de Sousa.

A petição recolhei mais de nove mil assinaturas e deu assim entrada na Assembleia da República, com todos os partidos a admitirem a petição, que aguarda agora agendamento em plenário, para que seja discutida por todos os grupos parlamentares e pelo deputado do PAN.

“Impedir o nome de Mário Soares no Aeroporto do Montijo” é o nome da petição que deu entrada através da Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, aguardando agora o agendamento em sessão plenária.

Ao jornal Expresso, Vítor Ramalho, do Partido Socialista, alerta para a inconstitucionalidade da petição, bem como para alguns dos termos utilizados no texto, que se refere a Mário Soares como “fulano” e que acusa de “prejudicar mais de 1 milhão de portugueses”.

Descomplicador:

O Parlamento aceitou uma petição que se insurge contra a atribuição do nome de Mário Soares ao futuro Aeroporto do Montijo. O documento ainda aguarda agendamento da discussão, mas já está a gerar polémica por se referir a Mário Soares como “fulano”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *