Portugal consegue corte na dívida pública

Portugal obteve a maior redução do rácio da dívida pública no Produto Interno Bruto dos últimos 19 anos. Portugal vai terminar o ano com um peso da dívida de 126% do PIB nacional, o que significa que o país ficara em 3º ou 4º lugar no ranking de redução do rácio da dívida, segundo avança o Diário de Noticias.

 

Mário Centeno tinha avançado que “o ano deve terminar com a maior redução de dívida pública em rácio do PIB dos últimos 19 anos”, sendo curiosamente uma descida semelhante à conseguida por Jeroen Dijsselbloem, seu antecessor no Eurogrupo, na Holanda.

Segundo os dados avançados pelo Banco de Portugal, Portugal registou 242,8 mil milhões de euros no final de Novembro, o que, face a uma estimativa anual de 193 mil milhões para o PIB, dá os tais 125,8% de rácio.

Caso estes dados se registem no final do ano, Portugal consegue uma redução do peso da dívida no PIB na ordem dos 4,3%, um valor idêntico ao conseguido pela Holanda, sob a égide do antecessor de Mário Centeno no Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem.

Descomplicador:

Portugal vai conseguir uma das maiores reduções da dívida pública face ao Produto Interno Bruto entre os países da União Europeia. Mário Centeno regista assim um desempenho semelhante ao conseguido por Jeroen Dijsselbloem enquanto Ministro das Finanças da Holanda.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *