Santana só admite viabilizar PS sem António Costa

Depois de Rui Rio, ontem foi a vez de Pedro Santana Lopes ser entrevistado pela SIC, na campanha eleitoral para a liderança do Partido Social Democrata. O ex-presidente da Câmara do Porto admitiu viabilizar um executivo minoritário do PS, mas Santana admitiu fazê-lo só sem António Costa como líder desse executivo.

Santana Lopes começou por dizer que não queria ouvir falar em “discursos de perdedor”, deixando depois a porta aberta a uma viabilização de um governo minoritário do Partido Socialista, desde que não tivesse António Costa como líder do executivo e que o actual Secretário-Geral do PS pedisse desculpa por ter “governado sem ter ganho as eleições”.

A entrevista começou por confrontar Santana Lopes com uma declaração na CM TV, onde disse não ter hipóteses de voltar a ganhar eleições “nem que o vento mudasse dez vezes”. Agora, Santana Lopes justificou que, com “as alterações climáticas que tem havido fazem com que isso dos ventos esteja diferente, agora nem é preciso o vento mudar uma vez: tenho a certeza que estou em condições de disputar as próximas eleições e de as ganhar a António Costa”.

Pedro Santana Lopes voltou a frisar que nenhuma das decisões que tomou foi prejudicial para o país, pedindo a separação entre aquilo que foram as gaffes e a obra feita, ao garantir que “enquanto tive tempo fiz muita obra”.

Descomplicador:

Santana Lopes abriu a porta a ma viabilização de um governo minoritário do PS, apenas quando “o PS mudar de líder e vier pedir desculpa pelo que fez o dr. António Costa, talvez voltemos ao mesmo princípio de ‘quem ganha eleições governa’, aí podemos conversar. Com este líder do PS está claro como as coisas são”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *