Líder da Nova Zelândia vai usufruir de licença de maternidade

A Primeira-Ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou que está grávida e que vai usufruir da licença de maternidade, onde será substituída pelo Vice Primeiro-Ministro do país. Antes de ter sido eleita, Ardern foi várias vezes alvo de comentários sexistas sobre esta matéria.

Com 37 anos de idade, Jacinda Ardern foi eleita Primeira-Ministra em Setembro de 2017 e anunciou hoje na sua página do Facebook que iria ser “primeira-ministra E mãe”, acrescentando ainda saber que “existirão muitas perguntas e nós iremos responder a todas elas (e posso assegurar-vos que temos um plano pronto)”.

“Não sou a primeira mulher a trabalhar e a ter um bebé. Sei que estas são circunstâncias especiais, mas irão existir muitas mais mulheres a fazê-lo e muitas já o fizeram antes de mim”, disse Jacinda Ardern depois de explicar que vai usufruir de uma licença de seis meses onde será substituída pelo Vice Primeiro-Ministro.

Jacinda Ardern é a Primeira-Ministra mais jovem a assumir o cargo na Nova Zelândia, sendo a segunda líder mulher do Partido Trabalhista. Durante a campanha, Ardern foi questionada sobre se pretendia engravidar, respondendo que essa “é uma decisão das mulheres e não deve predeterminar se recebem ou não oportunidades de trabalho”.

Descomplicador:

A Primeira-Ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou a sua gravidez num comunicado publicado no Facebook e explicou que vai usufruir de uma licencia de maternidade onde será substituída pelo Vice Primeiro-Ministro.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *