Costa segura Centeno “em circunstância alguma”

O Primeiro-Ministro, António Costa, “segurou” hoje o Ministro das Finanças, Mário Centeno, depois da manchete do Correio da Manhã ter avançado que o responsável pelas finanças sairá do governo caso seja constituído arguido no processo de favorecimento ao filho do presidente do Benfica.

 

No Museu dos Coches, António Costa disse ter “toda a confiança” em Mário Centeno e acrescentou que é da “dimensão do ridículo qualquer investigação por causa de uma ida a um jogo de futebol” e que “em circunstância alguma sairá do Governo”.

“Naturalmente respeitamos actividade da justiça, ninguém esta acima da lei e justiça fará a investigação que entender, mas quem decide a composição do Governo sou eu e mantenho toda a confiança no professor Mário Centeno”, disse António Costa depois da primeira reacção ao caso.

António Costa alertou ainda para a “repercussão internacional desta noticia” e salientou que o caso dos Secretários de Estado que saíram devido aos convites para ver jogos do Euro 2016, tendo em conta que “os Secretários de Estado saíram a pedido dos próprios porque eles próprios requereram a constituição como arguidos, porque entendiam que naquelas circunstâncias precisavam de gozar de liberdade suficiente para se defenderem”.

Descomplicador:

O Primeiro-Ministro, António Costa, disse hoje que o Governo respeita a “actividade da justiça, ninguém esta acima da lei e justiça fará a investigação que entender, mas quem decide a composição do Governo sou eu e mantenho toda a confiança no professor Mário Centeno”, “segurando” o Ministro das Finanças.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *