Tribunal Constitucional espanhol impede tomada de posse na Bélgica

Carlos Puigdemont está a negociar com os nacionalistas flamengos a possibilidade de proferir o seu discurso de investidura a partir do parlamento flamengo, no entanto o Tribunal Constitucional espanhol rejeita esta possibilidade. A investidura está agora suspensa, depois do Tribunal Constitucional ter autorizado a tomada de posse de Puigdemont, mas obrigando a que se realize na Catalunha, impedindo investiduras à distância.

 

 

Puigdemont está na Bélgica desde Outubro do ano passado, onde se “auto-exilou” e parece estar a preparar o regresso à Catalunha, embora esteja a tentar garantir que não seja detido quando pisar solo espanhol.

A sessão de investidura agendada para amanhã, 30 de Janeiro, está no entanto suspensa, depois de o Tribunal Constitucional ter permitido a tomada de posse de Puigdemont, mas com a obrigatoriedade de se realizar na Catalunha.

Assim, Puigdemont vê gorada a possibilidade de ser investido a partir da Bélgica, tal como vinha a negociar com os nacionalistas flamengos. Carlos Puigdemont aproximou-se do movimento nacionalista flamengo e estava a preparar a sua investidura a partir do Parlamento flamengo.

Descomplicador:

O Tribunal Constitucional espanhol vai permitir a investidura de Carlos Puigdemont, mas quer que a mesma se realize em território espanhol. Puigdemont estava a negociar a tomada de posse a partir do Parlamento flamengo.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *