Caso Centeno não chega ao plenário do Parlamento Europeu

O caso que envolve o Ministro das Finanças e líder do Eurogrupo, Mário Centeno, não vai chegar para já ao plenário do Parlamento Europeu. No entanto, as buscas no ministério de Centeno podem ser faladas em Conferência de Lideres.

 

A questão foi levantada pelo líder parlamentar do Partido Popular Europeu (PPE), Manfred Weber, mas Paulo Rangel, eurodeputado da mesma família politica considera a questão “impertinente e absurda”, tendo em conta que não há nada para esclarecer, para já.

No entanto, o facto da questão ter sido levantada por um líder parlamentar pode levar a que a questão seja debatida na Conferência de Líderes do Parlamento Europeu, embora os restantes líderes parlamentares concordem com a posição defendida por Paulo Rangel.

As buscas ao Ministério das Finanças no seguimento de uma alegada “cunha” de Luis Filipe Vieira, presidente do Benfica, a Mário Centeno chegaram ao reputado site Politico.eu, que segue de perto a politica europeia e que tem uma forte influência no Parlamento Europeu, o que terá levado Manfred Weber a colocar esta questão.

Descomplicador:

O líder parlamentar do Partido Popular Europeu, Manfred Weber, colocou a questão da discussão do caso que envolve Mário Centeno no Parlamento Europeu. Paulo Rangel, da mesma família politica, considera que essa discussão é “impertinente e absurda” e para já o caso não deve passar da Conferência de Líderes.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *